Reforma ecológica: entenda o que é e como funciona

6 minutos para ler

A reforma ecológica, como o próprio nome sugere, tem como principal objetivo transformar um imóvel em uma propriedade ecologicamente sustentável. Esse tipo de obra deve levar em conta muito mais que a instalação de mobiliário e equipamentos. Precisa considerar inclusive os materiais que serão utilizados, além de um projeto que vise a utilização de recursos naturais de modo mais inteligente.

Encontrar modos de reutilizar recursos, como a água, e reformar o imóvel pensando no aumento da durabilidade da construção são só algumas das maneiras de tornar a sua propriedade ecologicamente correta. E acredite: o meio ambiente e o seu bolso agradecem!

Imagine, então, se você puder produzir a eletricidade que consome? É de tudo isso que trata a reforma ecológica. Veja a seguir mais algumas ideias para tornar o seu imóvel mais sustentável!

Invista em um telhado verde

Cada vez mais se formam ilhas de calor nas cidades por causa da falta de vegetação. Por isso, as temperaturas estão gradativamente mais elevadas, demandando alto consumo de energia elétrica, a umidade do ar está a cada dia mais baixa, causando doenças respiratórias, entre outras perdas para o ser humano e para o meio ambiente.

O telhado verde é um modo de reduzir os efeitos desse problema. Com o cultivo de plantas no telhado do imóvel, se torna possível reduzir a temperatura dentro dele, aumentar a umidade do ar, trazer mais conforto acústico para os moradores e, de quebra, ainda criar um visual muito mais interessante.

Alguns cuidados, como a impermeabilização da laje e a instalação de um sistema de drenagem, são necessários. Apesar disso, o resultado é bastante compensador.

Opte pela energia solar

A instalação de um sistema de geração de energia solar é uma excelente solução para quem deseja gastar menos com a conta de luz. Por meio dele é possível não apenas produzir a eletricidade para consumo próprio como também disponibilizar o excedente de produção nas redes públicas de distribuição de energia, gerando créditos para o seu imóvel.

Embora pareça ser um investimento muito alto em um primeiro momento, ao colocar a economia mensal na ponta do lápis fica bem claro que em pouco tempo estará pago. Os benefícios desse sistema de geração de energia limpa são inúmeros, especialmente para o meio ambiente.

Reutilize água da chuva

Os sistemas de reutilização da água da chuva têm se tornado cada vez mais comuns. A água é coletada e armazenada para a utilização em fins não potáveis, como na descarga do banheiro, na lavagem de áreas externas ou, até mesmo, para regar as plantas do seu telhado verde.

A instalação do sistema de captação das águas pluviais é de baixo custo, tornando esse tipo de projeto economicamente viável. Assim como no caso dos sistemas de energia solar, o investimento feito nele se paga em pouco tempo com a economia gerada na conta de água.

Escolha lâmpadas de LED

Outra medida simples, que não precisa esperar por um reforma ecológica para ser tomada, é a adoção das lâmpadas de LED. Além de apresentarem um consumo mais baixo de energia elétrica, também oferecem a vantagem de não esquentarem tanto quanto as outras, colaborando para a manutenção de um ambiente mais fresco.

Além disso, o tempo de vida útil desse tipo de lâmpada é mais longo, o que proporciona menos preocupação com o descarte e a reciclagem. Isso significa menos resíduos no meio ambiente.

Aproveite a iluminação natural e a circulação de ar

Os maiores vilões do consumo de energia elétrica são os aparelhos de ar-condicionado e os ventiladores, assim como as lâmpadas, especialmente aquelas que precisam ser mantidas acesas mesmo durante o dia.

Na hora de planejar a sua reforma ecológica o ideal é pensar no posicionamento e tamanho das janelas, para que se torne possível aproveitar ao máximo a luz do dia e a circulação de ar externa.

Além de contribuírem com a economia no consumo de energia, cômodos bem arejados e iluminados naturalmente colaboram com a saúde, porque dificultam a formação do mofo e outros elementos que podem causar alergias, por exemplo.

Utilize produtos ecológicos

Em praticamente todas as áreas já se fabricam produtos ecológicos, pois as pessoas preferem consumir de empresas que se preocupam com o meio ambiente. Isso não é mais uma questão de estar ou não agindo de modo politicamente correto, mas de consciência da necessidade de se pensar nas futuras gerações.

Por isso, os imóveis construídos nos últimos anos têm sido equipados com louças, metais e demais acabamentos que carregam a proposta da preservação do meio ambiente em seu funcionamento. Mas esses materiais podem ser incluídos em construções antigas também, por meio da reforma ecológica. Conheça os mais comuns a seguir.

Torneiras de pressão

Quem nunca foi ao banheiro de um restaurante ou shopping e se deparou com uma daquelas torneiras que evitam o desperdício de água? Basta apertar um botão para abrir e ela fecha sozinha depois de algum tempo.

Essas são as torneiras de pressão e não precisam ser usadas apenas em estabelecimentos comerciais. Em residências elas são capazes, até mesmo, de ajudar os moradores a se disciplinarem em relação ao uso desse recurso tão precioso.

Descargas salvágua

Outro equipamento muito útil para a economia de água é a válvula de descarga salvágua. Ela vem com dois botões e cada um libera um volume diferente de água. Isso dá ao usuário a opção de utilizar um fluxo mais fraco para a limpeza de dejetos líquidos e acionar um mais forte somente para os sólidos.

Otimizar o uso de recursos naturais no cotidiano representa uma economia não só para o meio ambiente como também para o seu custo de vida. Reaproveitando a água e substituindo a luz elétrica pela natural, por exemplo, as contas no final do mês virão bem mais baixas. Então, o investimento feito em um reforma ecológica se paga em pouco tempo.

Como você percebeu, a preocupação com o meio ambiente começa em casa. Mas, para que isso se torne possível, é preciso planejar o seu dia a dia já no momento de reformar o imóvel onde você vive. Por isso, é fundamental que você comece a pensar na reforma ecológica o quanto antes.

Viu só como a consciência ambiental é algo que está presente em todas as áreas e, principalmente, dentro de casa? Então compartilhe este post em suas redes sociais para levar essas ideias a mais pessoas!

Posts relacionados

Deixe um comentário